Sou mulher e exijo respeito!

Ontem fiz o caminho contrário. Escrevi no FB e no Instagram, redes sociais que, de certo modo, venho abandonando. Penso, no entanto, que há momentos nos quais precisamos nos posicionar e gritar, dar voz às nossas indignações porque o silêncio só nos mantém acomodados.

O trecho veiculado do julgamento ďe Mariana Ferrer é ultrajante. Todas as mulheres ali foram, com ela, discriminadas e ofendidas. Por isso, sou a favor que cada uma de nós também se mostre enquanto mulher em suas experiências de vida. Eis, então, as minhas fotos e o texto que escrevi:

EU SOU MULHER E EXIJO RESPEITO!

Eu, hoje, sou uma senhora de 49 anos. Em dezembro completarei 30 anos de casada. Temos dois filhos adultos, sendo a mais velha já casada. Espero, muito em breve, ser também avó. As fotos que aqui volto a expor, no entanto, provêm de uma enorme conquista. Depois de sofrer a vida inteira a desgastante opressão social de não estar de acordo com os padrões de beleza impostos, consegui emagrecer, ao me submeter a uma bariátrica em novembro de 2014. Sem ter noção de que, com a minha alegria, estava ratificando tal padrão imposto, me expus massivamente nas redes sociais (mas isso é um outro assunto que poderei, quem sabe um dia, discutir). Volto a estas fotos hoje, porém (apesar de não estar mais magra assim nem ser mais adepta da exposição em redes sociais), porque acredito que preciso me posicionar como uma mulher livre, independente, dona de meu corpo e consciente de meus direitos civis.

Estou com a Mariana Ferrer!

Estou com a mulher Mariana Ferrer e com todas as mulheres, sejam elas brancas, pretas, pobres, ricas, hetero, homo, bi… putas, bruxas, pudicas, “do lar”, virgens ou o que formos ou o que quisermos ser…

NENHUMA MULHER PODE SER CONDENADA OU CULPABILIZADA POR ATOS DE OUTROS, porque se expôs, porque estava sozinha, porque usava tais roupas ou não as usava, porque compartilhou fotos sensuais, porque é bonita e gosta de mostrar sua beleza etc. etc. etc. Não condenem uma mulher só porque ela gosta de dançar até o chão ou porque se porta de determinado jeito!

Não vou entrar no mérito do julgamento porque do processo nada entendo, mas REPUDIO veementemente AS PALAVRAS DO ADVOGADO DITAS À MARIANA E O SILÊNCIO DO JUIZ, QUE IGNOROU O PEDIDO DE RESPEITO. No trecho que vimos, havia uma mulher sendo apedrejada por ser bonita e ter fotos sensuais, sendo diminuída e menosprezada socialmente por um homem, simplesmente por ser mulher.

TODAS AS MULHERES FORAM, ALI, DESRESPEITADAS.

Mesmo que seja apenas um recorte de um vídeo muito maior, o que se deu ali é ultrajante e intolerável.

HOMENS, NÃO SEJAM ANIMAIS IRRACIONAIS!

MULHERES, NÃO CONDENEM UMA SEMELHANTE, JULGANDO-A POR SUAS LENTES MORAIS.

#somostodasmariferrer #SomosTodasMarianaFerrer

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s