A moda e o papel de homens e mulheres na sociedade

Ouvi falar deste livro de Gilda de Mello e Souza agora, em abril quando assisti à palestra “Afinal, o que pensam as mulheres?”, ministrada por Marilena Chauí, aproveitando o curso online liberado pela Casa do Saber on demand (disponível gratuitamente nos primeiros dois meses de isolamento social). Encomendei-o e o li em maio.

O livro, publicado pela primeira vez apenas em 1987, é a tese de doutoramento da autora, apresentada à banca em 1950. Como ela diz, 

Naquela época, ele [o trabalho] constituiu uma espécie de desvio em relação às normas predominantes nas teses da Universidade de São Paulo.

Com inúmeras fotos e citações da literatura do século XIX, Gilda de Mello e Souza nos faz viajar no tempo a fim de nos levar a conhecer a construção e a função do vestuário para os homens e para as mulheres. Ela traduz, pela moda, as diferenças de gênero, de classe, de regiões na escolha dos tecidos, das cores, dos estilos. A autora assinala bem o valor das roupas e suas significações para cada um dos sexos, numa sociedade patriarcal.

Não à toa um trabalho produzido por uma mulher demorou tanto a ser publicado como pesquisa valiosa e necessária. Pesquisar a moda, os estilos também permite reconhecer e interpretar a sociedade, seus preconceitos e imposições.

Vale muito a leitura!

SOUZA, Gilda de Mello e. O espírito das roupas: a moda do século dezenove. 2a ed. – São Paulo: Companhia das Letras; Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s