Férias, arrumações e conscientização

Tô muito feliz com algumas ações que fiz ontem, dia 28/01/2020, e quero dividir com o maior número de pessoas porque acho que valem a pena.

Recebi há alguns dias, dentre o montão de lixo diário via Whatsapp, uma mensagem realmente útil: dicas de ações simples que podemos começar a fazer para descruzar os braços e passar da teoria para uma prática real sustentável. Isso serve até mesmo para os negacionistas climáticos. Afinal, conservar a nossa casa, conservar o nosso mundo é um ato de amor. E cada um tem de fazer a sua parte, mesmo que pequena.

O que testei da mensagem e me surpreendi:

  1. Eu não sabia que todas as lojas PUKET do Brasil recebem meias velhas, manchadas, descasadas, transformam em cobertores e doam para cobrir quem tem frio nas ruas. Pois é! Doei no Shopping Tijuca e passei no Shopping Leblon para confirmar que TODAS AS LOJAS recebem as doações. Vejam que trabalho legal eles fazem aqui. É tão fácil doar! E ainda ajudamos, por tabela, pessoas necessitadas.
  2. Sabe aquelas roupas mais usadas, mais gastas, que não valem muito repassar? QUALQUER loja RENNER recebe doações. Eles reutilizam até os fios! Achei sensacional a ideia. Entreguei também ontem uma sacolona no Shopping Tijuca e confirmei o projeto no Shopping Leblon. Assistam ao vídeo da Renner aqui.
  3. E o que fazer com os vidros de perfumes, os frascos de cremes, xampus, batons, bases, tudo o que usamos de higiene e beleza? Podemos entregar nosso lixinho lindo e cheiroso de qualquer marca em uma loja do BOTICÁRIO. Eles têm um projeto de reciclagem também desde 2006. Passei lá com uma sacolinha e já criei um lixo específico aqui em casa para isso. Para outras informações, clique aqui.

Há outras resoluções que estou fazendo e ainda vou testar mais dicas que recebi (canetas, alumínio, tampas etc.). Conforme for confirmando a veracidade, compartilharei. As que aqui seguem, servem para todo o Brasil.

Vc conhece algum outro projeto legal como esses? Quero saber.

Cuidemos da nossa casa diariamente. Nós, cidadãos comuns, precisamos ter consciência do que estamos fazendo e o que e como estamos consumindo. Não dá para, como canta o Zeca Pagodinho, deixar “a vida me levar”. Prefiro Lenine dizendo “a vida quem leva sou eu”.

2 comentários

  1. Olá!

    Eu só conhecia o projeto da O Boticário e foi muito bom conhecer essas outras iniciativas. A logística reversa deveria ser mais divulgada para ajudar a população a dar um descarte mais adequado ao lixo.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s