O cérebro no mundo digital: os desafios da leitura na nossa era, livro de Maryanne Wolf

Livro muito interessante sobre nossa capacidade leitora na era das mídias digitais em meio à febre do instantâneo e da velocidade das redes sociais. As mensagens curtas e leituras rápidas, superficiais e descartáveis estão nos limitando.

Sempre fui defensora e adepta das novas tecnologias; hoje, entretanto, venho me questionando sobre essa dependência cega, que nos faz colar o celular em nossas mãos e olhá-lo a todo instante. Não se anota mais nada, fotografa-se; não se guarda “de cabeça” mais nada, usa-se a memória em nuvem, em rede, de propriedade de outrem. E assim vamos abrindo mão de competências anteriormente desenvolvidas, atrofiando capacidades, sem saber ao certo onde isso vai nos levar.

A autora, professora universitária e pesquisadora americana apresenta nesse livro sua experiência sobre leitura profunda e as perdas – que já vêm ocorrendo na formação das crianças de nosso tempo – na capacidade de apreensão de informações e organização do pensamento. Maryanne Wolf se baseia em várias pesquisas que estão sendo desenvolvidas e faz um alerta a pais e professores sobre a importância da leitura e do contato da criança com livros em mídia impressa desde a mais tenra idade.

Comecei a ler o livro no Kindle. Comprei, porém, o livro impresso, depois de ratificar nas discussões experiência anterior minha. Na época de meu Mestrado e em parte do Doutorado, fiz a maioria das leituras em meios digitais (usava Kindle e iPad). Essa experiência me fez sentir uma espécie de “emburrecimento”. Atribuo essa sensação à falta de contato físico com o objeto livro e a perda de tudo o que esse contato costuma me proporcionar. Verbalizei isso várias vezes, mas acreditava ser um problema pessoal. A falta do objeto livro sobre minha mesa de estudo, para ser visto sempre, ou na estante por onde passo; a ausência tb de meus rabiscos e anotações irregulares, que proporcionavam – e proporcionam ainda hoje – uma memória afetiva, muito além da memória fotográfica, dificultavam a minha apreensão do conteúdo e a manutenção, em minha memória, de informações. Hoje, entendo que era um começo de um estranhamento que faz todo o sentido e que estudos estão aí para provar que nosso cérebro também precisa de tempo e de contato para assimilar com profundidade informações relevantes.

Mais um excelente livro pra conta. Indico como leitura obrigatória a pais (principalmente os que estão começando a jornada), professores e educadores.

WOLF, Maryanne. O cérebro no mundo digital: os desafios da leitura na nossa era. São Paulo: Contexto, 2019.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s