Do lugar de fala de Djamila Ribeiro com quem tenho muito o que aprender

Do meu lugar de fala, privilegiado, tenho aberto os meus olhos e meus ouvidos, dia após dia, para conhecer inúmeras verdades tão deturpadas ou ignoradas. Quero muito ouvir essas vozes e aumentar o volume delas para que outros tantos mais possam ouvi-las também.

Quando terminar de ler Mulheres, raça e classe, da Angela Davis, lerei O que é lugar de fala, de Djamila Ribeiro.

Um comentário

  1. Sim, muito boa a sua percepção Tatiane! É interessante a gente ouvir pessoas como a Djamila e a Chimamanda. Vendo o ponto de vista delas a gente percebe as diferenças entre vivências e percebe que mesmo o feminismo não é inclusivo para todas as mulheres e não é universal. Confesso que perceber isso me deixou chocada na primeira vez, mas agora entendo a realidade e compreendo a necessidade de dar a voz para todas! Boa sorte e sucesso nas suas leituras!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s