21 lições para o século 21 – Yuaval Noah Harari – Cap. 2

Cap. 2 Trabalho

Quando você crescer, talvez não tenha um emprego

Como fiz sobre o Cap. 1, transcrevo, abaixo, o que vem me fazendo refletir…

O problema com todos esses novos empregos, no entanto, é que eles provavelmente exigirão altos níveis de especialização, e não resolverão, portanto, os problemas dos trabalhadores não qualificados que estão desempregados. (p. 52)

(…) o empreendedorismo econômico terá de ser acompanhado por uma revolução na educação e na psicologia. Pressupondo que os novos empregos não serão apenas sinecuras públicas, provavelmente exigirão altos níveis de especialização, e, à medida que a IA continua a se aperfeiçoar, os empregados humanos terão de adquirir constantemente novas habilidades e mudar de profissão. Governos terão de intervir, tanto no subsídio a um setor de educação vitalício quanto na garantia de uma renda de proteção para os inevitáveis períodos de transição. (p. 59)

Um modelo novo que atrai cada vez mais atenção é o da renda básica universal (RBU). (p. 62)

Pode-se discutir se é melhor fornecer às pessoas uma renda básica universal (o paraíso capitalista) ou serviços básicos universais (o paraíso comunista). Ambas opções têm vantagens e desvantagens. Mas não importa qual paraíso você escolha o problema real está em definir o que “universal” e “básico” realmente significam. (p.62-63)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s