Elza, no Teatro Riachuelo

Hoje, após acordar, abri o aplicativo do jornal O Globo e a primeira notícia que li vinha com a seguinte chamada:

A cada 15 minutos, uma mulher é agredida no Estado do Rio

Polícia registrou 39.646 casos de lesão corporal no ano passado; a maior parte dos crimes foi cometida dentro de casa e pelo companheiro da vítima.

Tinha ontem de noite assistido ao musical biográfico Elza. Saí do Teatro Riachuelo impactada não só com a beleza do espetáculo e excelente atuação das sete atrizes-cantoras que representaram Elza Soares em diversas fases de sua vida, mas também com detalhes que eu desconhecia da vida dessa mulher.

Ela foi forçada a casar com um colega de trabalho de seu pai quando tinha apenas 11 anos. Teve seu primeiro filho aos 12 – e outros em seguida. Precisou trabalhar muito para tentar alimentar sua família. Perdeu dois filhos por causa da miséria na qual viviam, sofreu maus tratos do marido e só não morreu por sorte, porque o monstro atirou nela e uma das balas atingiu o braço e a outra, o pé. E isso é só o comecinho de sua história.

Essa e tantas outras violências por que Elza passou – mas teve a sorte de sobreviver – assemelham-se ao que milhares de mulheres brasileiras vivem ainda hoje. Só que muitas delas não sobrevivem. Principalmente pretas e pobres. E, quando sobrevivem, carregam para sempre marca em sua trajetória emocional.

Elza é um musical da vida dessa cantora e da história de vida de muitas outras mulheres. Sua luta, sua garra, sua vontade de sobreviver a todo custo somam-se e transpõem a sua carne no mais profundo sentido do viver para se vingar simplesmente vivendo e sendo quem é.

O espetáculo que está em temporada no Teatro Riachuelo é um verdadeiro ato político. Fundamental para a nossa reflexão e percepção do mundo em que vivemos.

E digo mais! Estou apaixonada pela coragem dessa grande mulher. Que luta! Que força. Que energia! Como canta Bethânia, “Ninguém sabe a dor e a delícia de ser o que é.”

Quero dizer que as atrizes cantoras Larissa Luz, Janamô, Júlia Dias, Késia Estácio, Khrystal, Laís Lacorte e Verônica Bonfim são sensacionais!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s