Um passo depois do outro. Sempre! É assim que a vida acontece.

Já se passaram dois anos do texto que escrevi para minha filha Luiza em sua formatura de graduação na California State University of Bakersfield. O que confirmo a cada dia é que a vida é uma caixinha de surpresas, mas que vêm sempre recheadas com aquilo que plantamos.

Quando poderíamos imaginar na hora em que tiramos a foto abaixo, que nossa filha Luiza – já com as malas prontas e o seu quarto no apartamento que alugava desmontado – não voltaria de mudança no mês seguinte para o Rio de Janeiro? Mas ela brilhou na faculdade e foi incentivada a aplicar para o Mestrado lá mesmo. Exatos dois anos depois, colheu em sua caixinha um belo diploma de Mestrado e um novíssimo desafio: o Doutorado na Houston University. E não poderia ser em melhor companhia: noiva de um lindo e ótimo rapaz. O que lhe disse na época: seguir um passo depois do outro, um passo depois do outro, sem queimar etapas, é meu lema. Para mim, é assim que a vida acontece.

Quero guardar aqui em meu baú de lembranças as palavras que escrevi para ela – mas que também me inspiram em meu caminhar no dia a dia. Segue o texto publicado em 11 de junho de 2016 no Facebook:

A vida é assim: um passo depois do outro, um passo depois do outro. São muitos caminhos, muitas combinações de escolhas a serem feitas. Só não podemos fechar os olhos para o tempo porque ele simplesmente não espera…
22 anos! Sim, essa é a sua idade, Luiza. Só que alguma coisa mudou agora. Você não é mais somente uma estudante. Agora você é uma bióloga. Com essa graduação, novas escolhas deverão ser feitas, novas possibilidades de caminhos aparecerão na sua frente. E você terá de continuar dando um passo depois do outro, um passo depois do outro… Mas não se devem queimar etapas.

Estamos muito felizes, minha filha. Ou melhor, radiantes e orgulhosos! Você faz a sua vida acontecer e é assim que tem de ser. Viva todas essas etapas intensamente. Pegue o medo do novo, a ansiedade do que vai acontecer daqui para a frente e utilize-os como temperos da sua vida. (Ah! É sempre bom saber que cada tempero é único, pessoal e intransferível.) Desconfie sempre do que lhe parecer fácil, imediato. Nunca se esqueça dos bons ensinamentos. O esporte, por exemplo, lhe ensinou muitas coisas: preserve em você a rotina do esforço, da superação de si mesma, da necessidade do coletivo, do respeito ao outro que está ao seu lado ou no time adversário. Tenha garra, empenhe-se, apaixone-se, viva!!! Sua vida está só começando a ficar mais divertida. Acredite! Cada dificuldade é um delicioso tempero para produzir sabores que só quem sente sabe o que é.

Quero dizer que sou grata, profundamente grata a Deus por você ser quem é. Só peço a Ele uma coisa: que nos abençoe sempre com Seu Amor, porque todo o resto cabe a cada um de nós fazer, sempre com amor ao próximo e muito discernimento. E peço a você que nunca desista de seus sonhos, mas sempre use os pés para caminhar um passo após o outro. Embora em muitos momentos da vida possamos fazer como as bailarinas, que correm e giram apenas na ponta dos dedos, essa pontinha é a ligação necessária para não perder o prumo, o rumo, a referência do caminho. Sua história é você quem deve contar. Não deixe que outros a contem por você.

#viverenãoteravergonhadeserfeliz #amomeusfilhos

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s