Ribeirão da Ilha – um pequeno paraíso – 25 de janeiro de 2018

Apaixonada! É assim que estou.

Sabe aquele lugar que você passa e fica um encantamento marcado dentro da alma? Pois bem, de vez em quando passo por sentimento assim em uma ou outra viagem. Desta vez, porém, a sensação foi bem forte. E num lugar que foge totalmente a tudo que imagino que preciso: vida agitada, cinema, teatro… Mas acho que tem algo no sangue. Senti o mesmo no Porto, em Portugal.

Ribeirão da Ilha. Este lugar me encantou. Foi colonizada no século XVII por imigrantes da Ilha dos Açores.

Praticamente só uma rua longa, na beira de uma baía. Casario belíssimo luso-brasileiro, muito bem cuidado. Uma igreja diante de uma praça. Cemitério ao lado todo florido. Barcos na beira d’água. Um restaurante imponente com mesas em um longo pier.

Artesanato, fuxico, renda de bilro, bordados, cerâmicas e pinturas. Uma linda senhora de 88 anos muito forte e de boa conversa: D. Maria. Linda! Conhece o Rio de Janeiro. Aos 80 fez a trilha que eu acabara de fazer e estava acabada. Segundo a filha, saiu inteira. Pronta para outra.

Magia do local? Vida saudável e tranquila? Recanto divino?!

Só sei que bateu uma enorme vontade de viver ali numa daquelas casinhas.

Queria conhecer a Igreja Nossa Senhora da Lapa por dentro. Foi construída em 1806.

P.S.: As fotos só serão adicionadas quando eu voltar ao Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s