“Florence: quem é essa mulher?” (2016)

As pessoas podem dizer que não sei cantar,
mas ninguém pode dizer que não cantei.
(Florence)

Baseada em fatos reais, essa comédia francesa é de nos fazer contorcer na poltrona de vergonha alheia. No entanto, também traz uma lição fantástica: a vida é curta e não dá pra ficar titubeando indecisa.

Colocando na balança o peso da vergonha alheia e da lição aprendida, acho que prefiro a segunda opção. É necessário agir!

Assim penso; assim vivo. Afinal, o ontem há pouco era amanhã, mas já passou e acabou. E amanhã rapidinho se tornará ontem. Ou se vive e se realiza o que se deseja, sem medos nem vergonha, ou se deixa a vida passar e depois vai ficar o sofrimento do “e se eu tivesse feito?”…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s