“Blade Runner 2049” (2017)

Não me sinto nem um pouco à vontade para falar de um filme com o peso de 35 anos de história e um séquito de seguidores apaixonados. Não tenho competência para isso. No entanto, hoje eu assisti à criação de 2017  de Blade Runner e não achei lá essas coisas. Até cochilei durante algumas partes…

O filme foi bem arrastado, com situações tão óbvias, que, entre um cochilo e outro, eu comentava com meu marido o que iria acontecer. Aliás, o primeiro momento de K com o personagem de Harrison Ford beira o ridículo, de tão sem graça.

Aos cinéfilos de plantão, peço desculpas, mas… gosto não se discute.

Será que vem continuação? Pareceu haver essa intenção, mas… não sabemos se a bilheteria fracassada vai permitir, né?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s