“Feito na América” (2017) e as malas de dinheiro dos nossos políticos

Não vou fazer uma resenha crítica sobre o filme “Feito na América”. Deixo aqui, apenas, um comentário relacionado ao que estamos vivendo no Brasil…

Ver o personagem que Tom Cruise interpretava, baseado em fatos reais, entrar na jogatina do tráfico de drogas e, com a maior cara de pau, receber malas e malas e malas e malas e malas de dinheiro (nenhum polissíndeto vai dar conta do absurdo), mexeu muito comigo, principalmente, por ter visto dias antes a foto das malas de Geddel num apartamento em Salvador.

Resultado de imagem para malas de dinheiro geddel

Barry Seal não sabia mais onde esconder tanto dinheiro. Eram malas, sacos, caixas de sapato… Havia inúmeras notas misturadas ao feno dos cavalos ou enterradas no terreno da casa. Era tanto, mas tanto dinheiro, que parecia que ia sair literalmente pelo ladrão. Igualzinho ao que estamos vendo aqui.

Fico imaginando as paredes dos apartamentos, os pisos removíveis, os cofres secretos, as pedras preciosas em caixas seletas de bancos, os sítios que devem existir por aí com baús enterrados… Esses políticos têm imaginação fértil. Tenho certeza disso.

Lembro-me da viagem que fiz ao Maranhão, há uns 15 anos. O povo sem energia elétrica. Entretanto, um enorme cabo passava por cima de toda a travessia que fizemos do rio para a fazenda do Sarney.

Corrupção histórica na veia…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s