Beijo no cinema é gostoso

Outro dia tive o delicioso prazer de ver uma cena que não via há muito tempo: um casal jovem namorando, sem parar, numa sessão de cinema. Sou da época em que ir ao cinema era oportunidade para dar aqueles beijos mais quentes. (PQP tô me declarando velha! 😂)

Hoje, com a liberdade sexual no próprio quarto na casa dos pais e com o acesso fácil aos filmes em cartaz na internet para baixar – embora ilegal -, acho que só vai ao cinema quem realmente gosta do programa ou quem pode pagar os preços de ingresso cada vez mais absurdos. Então, ir ao cinema virou… ir ao cinema! É para assistir mesmo ao filme na telona com toda a tecnologia que ela usa. Isso significa que perder o filme para uns amassos tem sido cada vez mais raro. Pelo menos é a impressão que tenho. E olha que sou frequentadora assídua de várias salas. Acho uma pena!

E acho também que os jovens de hoje estão precisando de um pouco mais de experiências românticas. O proibido (não ter livre acesso ao sexo desde o início do namoro) leva ao desejo; o desejo, à busca; a busca proporciona diversas sensações que vão do medo ao prazer, passando por inúmeros frios na barriga. Tudo isso é tão bom, tão renovador, tão intenso e nos dá tanta energia para buscar muitas outras coisas em áreas distintas…

Sei lá! ‘Tô só pensando alto e praticando a minha filosofia de botequim.

(Texto publicado anteriormente no Facebook. Imagem retirada de http://www.g17.com.br/noticia.php?id=395)

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s