O que estou fazendo aqui…

Meu primeiro blog nasceu em 14 de fevereiro de 2007. Como hoje, resolvi parar tudo o que estava fazendo e criar um só pra chamar de meu. Na época, queria partilhar poemas e boas leituras com meus amigos. O tempo passou, os temas variaram, conheci muitos professores blogueiros e acabei realizando minha pesquisa de Mestrado em Educação sobre eles. Segui a vida, continuei escrevendo, mas a correria com filhos, trabalho e Doutorado, além do acesso fácil e rápido ao Facebook e Instagram foram escasseando a escrita livre, leve e solta. Meu último texto foi em 03 de junho de 2013. Como o tempo voa… Hoje estou aqui de volta. De “Mulher desdobrável. Eu sou.” – como o verso de Adélia Prado que dava título a esse meu primeiro blog pessoal -, aprendi ao longo dos anos que para se desdobrar é necessário tatear. Tatear o meu corpo, tatear os objetos que me rodeiam, tatear folhas e folhas de livros, tatear o mundo que se abre aos meus olhos e pés bem descalços. Por isso, agora estou aqui tateando… Tatiando a vida, porque a minha história sou eu quem escreve e quem conta. Não aceito que outros a contem por mim.

5 comentários

      • Oi Tati!
        Fico feliz pela tua decisão de voltar a escrever e publicar no blog. Sou defensora desses espaços pessoais na blogosfera onde temos tudo nosso, registrado, organizado para quando quisermos voltar. Precisamos resgatar a conversação nos blogs. Eu nunca os abandonei, mas também ando mais ausente, dividida entre tantos espaços, buscando as pessoas com as quais me identifico e que deram uma sumida da blogosfera. Abração!

        Curtir

  1. Oi Tati!
    Fico feliz pela tua decisão de voltar a escrever e publicar no blog. Sou defensora desses espaços pessoais na blogosfera onde temos tudo nosso, registrado, organizado para quando quisermos voltar. Precisamos resgatar a conversação nos blogs. Eu nunca os abandonei, mas também ando mais ausente, dividida entre tantos espaços, buscando as pessoas com as quais me identifico e que deram uma sumida da blogosfera. Abração!

    Curtido por 1 pessoa

    • Obrigada, Marli, pela visita! Hoje em dia com a facilidade das redes sociais realmente é bem difícil conversar por aqui. A necessidade, porém, de guardar e acessar quando quiser o que escrevemos é fundamental. Por enquanto estou escrevendo sobre filmes, mas vou falar tb de nossa paixão: a Educação.
      Beijos

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s